Radar da Web




Aprenda a desabilitar o corretor automático no Android



Publicado em 26/11/2015 |

#dicas



FacebookGoogle+LinkedInTwitterE-mail

Aprenda a desabilitar o corretor automático no Android

Gosto do fato de que o teclado do Android tenta “adivinhar” o que estou digitando, mas as previsões podem ser absurdas, especialmente se você é bilingue e às vezes digita mensagens em um idioma que não é o do dia-a-dia. Por isso prefiro deixar a correção automática desabilitada. Se você é como eu, siga os passos abaixo.

Mudando as configurações

As instruções a seguir foram testadas em um aparelho com o Android 4.4. As coisas podem ser diferentes em um aparelho que tem uma interface própria de um fabricante, como os da Samsung ou LG.

As opções em destaque são as que você tem de modificar

Abra a lista de aplicativos e toque em Config / Idioma. Procure a categoria Teclado e métodos de entrada e toque no botão de configurações em frente ao nome do teclado padrão (no caso Teclado Android (AOSP).
Marque a opção Desativado nesta janela para desligar a correção automática

Procure o item Correção Automática e na janela que surge escolha o quão “agressivo” o sistema de correção deve ser. O padrão é Moderado, e para desativá-lo completamente toque em Desativado.
Marque a opção Sempre ocultar nesta janela para desativar as sugestões de palavras

Se você também não gosta das sugestões de correção, pode desativá-las tocando emExibir sugestões de correção e marcando a opção Sempre ocultar.

Uma alternativa

Se você não se dá bem com as previsões do teclado padrão do Android, mas não quer ficar sem este recurso, uma alternativa é experimentar um outro teclado. Entre os vários disponíveis na loja Google Play um dos mais bem cotados é o Swiftkey.

Ele pode “aprender” seu vocabulário analisando seus e-mails, posts no Twitter e mensagens SMS, e ainda conta com pacotes com mais de 60 idiomas suportados. Você pode habilitar até três idiomas por vez, e misturar idiomas em uma mesma mensagem sem nenhum problema.

O Swiftkey custa R$ 12, e há uma versão gratuita para testes, com recursos limitados.


Fonte: pcworld.com.br

Leia também


Comentários

Nenhum comentário enviado. Seja o primeiro a comentar, clique aqui

Copyright © 2013/2017 Radar da Web. Todos os direitos reservados.
Topo